Minha casa minha vida

Infelizmente, não são todos os brasileiros que têm condições de comprar a casa própria. Por conta disso, muitas famílias acabam morando em locais inapropriados para o desenvolvimento social adequado.

Pensado nisso, o Governo Federal criou o programa Minha Casa Minha Vida, com o intuito de aumentar o índice de habitação e, assim, fornecer lugares e condições apropriadas para que famílias de baixa renda possam comprar suas casas.

O que muita gente não sabe é que não são apenas famílias de baixa renda que podem ser beneficiadas pelo programa. Como, também, famílias de classe média. Quer saber mais? Então confirma as informações e dicas a seguir!

Como funciona o programa

O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal que beneficia famílias de várias faixas de renda. Ao se inscrever no programa e ser selecionada, a família receberá um subsídio de acordo com a sua renda mensal.

minha casa minha vida

Além desse subsídio, as famílias também contarão com as menores taxas e juros abaixo dos praticados no mercado.

Dessa maneira, os participantes terão todas as condições necessárias para financiar uma casa ou apartamento em uma área urbana ou rural. O prazo para o pagamento desse “empréstimo” tem um prazo que pode chegar a 36 anos. O financiamento é realizado pela Caixa Econômica Federal.

Faixas do Minha casa minha vida

O valor do subsídio e as taxas e juros são definidas levando em consideração a renda salarial das famílias participantes. Dessa maneira, é preciso conferir as faixas para saber em qual a sua família se enquadra.

Faixa 1

Famílias que recebem um salário de até R$ 1.800,00 entram nessa faixa. Na faixa 1 é possível obter um subsídio de até 90% do valor do imóvel e parcelas muito baratas, com juros e tarifas menores que as praticadas no mercado.

Faixa 1.5

Famílias que possuem renda mensal de até R$ 2.600,00 são enquadradas nessa faixa. Aqui é possível um subsídio de até R$ 47 mil reais e as taxas de juros ficam 5% ao ano.

Faixa 2

Famílias que possuem renda mensal de até R$ 4.000,00 são inseridas na faixa dois. O valor do subsídio pode chegar a R$ 29.000,00, além dos juros e taxas diferenciadas.

Faixa 3

Famílias que possuem renda mensal superior a R$ 4.000,00 são enquadradas na faixa três. Aqui não é concedido nenhum subsídio, mas sim taxas e juros diferenciados.

Como se inscrever no Minha casa minha vida

O representante da família deverá ir até a prefeitura com o RG em mãos e solicitar a inscrição no programa. Caso a família seja selecionada, a prefeitura entrará em contato dando mais informações sobre como proceder.